Vinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.x
Vista Frontal do Edificio Principal do Tribunal Supremo
Tribunal Supremo

Primeira Reunião dos Grupos Multidisciplinares (GM)

No âmbito do Programa de Assistência Técnica ao Sector da Justiça – JUSTA, teve lugar, no dia 09 de Novembro de 2023, em Maputo, a Primeira Reunião dos Grupos Multidisciplinares, para a apreciação e discussão dos termos de referências na implementação do projecto.

A sessão de abertura foi dirigida pelo Vice-Presidente do Tribunal Supremo, João António da Assunção Baptista Beirão e contou com a presença do Secretário – Geral dos Tribunais Judiciais, Jeremias Alfredo Manjate, representante da USAID - Moçambique, Joy Searcie, Coordenador das áreas temáticas, Luís Mabote Júnior, Consultor do Programa, Gildo Espada, Gestora do Programa a nível do Tribunal Supremo, Amina Abudo, Pontos Focais e demais membros entre os convidados.

GMParticipantes da Primeira Reunião dos Grupos Multidisciplinares (GM): Da esquerda para direita, o Secretário-Geral dos Tribunais Judiciais, Jeremias Alfredo Manjate, o Coordenador das Áreas Temáticas, Luís Mabote Júnior, o Vice-Presidente do Tribunal Supremo, João António da Assunção Baptista Beirão, o representante da USAID Moçambique, Joy Searcie e o Juiz Conselheiro do Tribunal Supremo, António Paulo Namburete.

 

 

O Vice-Presidente do Tribunal Supremo, João António da Assunção Baptista Beirão, no discurso de abertura, referiu que a Carta de implementação prevê, no âmbito do fortalecimento da colaboração, coordenação e supervisão entre as instituições da Justiça, a criação e operacionalização de Grupos Multidisciplinares, que têm a missão de partilhar ideias e experiências para melhor identificar, investigar, instruir e julgar os crimes de corrupção e aos crimes contra a biodiversidade e os direitos humanos.

O Vice-Presidente do Tribunal Supremo, referiu que a realização da reunião marca, de forma indelével, o início da organização e do funcionamento dos grupos, de vital importância para a melhoria qualitativa dos processos tramitados, no âmbito do Projecto JUSTA TS.

O Vice-Presidente do Tribunal Supremo, anotou que se espera que, com o contributo de todos, os termos de referência irão tracem vectores de actuação dos Grupos Multidisciplinares e os mecanismos da desejada articulação, coordenação e troca de experiências.  

Para a representante da USAID - Moçambique, Joy Searcie, a realização do evento é uma oportunidade única para que todas as entidades envolvidas promovam um dialogo franco e aberto, que ajude não só a identificar os desafios existentes, mas, também, a propor soluções para os ultrapassar.

Refira-se que o Programa de Apoio Técnico ao Sector da Justiça – JUSTA, resultou do acordo celebrado entre o Governo da República de Moçambique e o Governo dos Estados Unidos de América, através da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID), lançado oficialmente em Fevereiro de 2023, com o objectivo de aumentar a capacidade do Sector de Administração da Justiça, de julgar crimes relacionados com a biodiversidade, corrupção e direitos humanos, nas Províncias de Cabo Delgado, Nampula e Niassa.

Os Grupos Multidisciplinares (GM), são integrados por representantes do Tribunal Supremo, Procuradoria-Geral da República, Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, USAID - Moçambique, Inspecção do Judicial do Conselho Superior da Magistratura Judicial, Inspecção do Ministério Público, Centro de Formação Jurídica e Judiciária e outros Actores-Chaves.